Gua Shá

Show More

O guasha, conhecido na China como terapia de raspagem, é uma técnica terapêutica milenar e uma especialidade da medicina tradicional chinesa, e, por isso, é considerado um componente da cultura chinesa.

A terapia do guasha está caracterizada por um sistema teórico único e complexo, além de técnicas e métodos terapêuticos específicos que foram enriquecidos pela experiência prática de milhares de anos.

A terapia do guasha tem uma história longa e rica, que remonta à Dinastia Tang (618-907). Nessa época foi usado pela primeira vez pelos médicos chineses para tratar doenças, mas  ganhou grande popularidade nas dinastias Yuan (1271-1368) e Ming (1368-1644). Atualmente, o guasha é amplamente utilizado para a prevenção e tratamento de doenças, além de cuidados com a pele. 

 

Na China, a terapia do guasha sobreviveu por um longo período e ainda detém uma grande vitalidade, e por diversas razões: a mais importante é sua alta capacidade de prevenir e tratar doenças internas com métodos externos que são eficazes e fáceis de aprender. A experiência prática aprimorada durante milhares de anos ajudou a consolidar sua base terapêutica, explorar seus segredos, refinar a compreensão de seus efeitos, desenvolver novos métodos e até aplicar teorias específicas. A técnica tradicional chinesa  é uma importante ferramenta terapêutica que amplia a capacidade inata de autocura do corpo e um dos meios mais eficazes, econômicos e simples de prevenir e tratar as desarmonias energéticas que causam doenças.

Em termos práticos, o método do guasha consiste em raspar a superfície da pele com pedra polida, geralmente de jade, visando equilibrar o fluxo de Qi (Força ou Energia Vital) e de Sangue (Xue) para obter efeitos terapêuticos. A raspagem simples e moderada da pele com uma ferramenta pequena e específica para o guasha pode, por meio do equilíbrio energético e sanguíneo, prevenir e tratar muitas doenças, revelar o estado de saúde do corpo, promover a longevidade e favorecer a beleza com eficácia e sem efeitos colaterais.

A raspagem da pele realizada pelo guasha revela áreas com desarmonia energética ou doença, desbloqueia os canais de energia principais e colaterais, promove a condução nervosa, libera a circulação energética e sanguínea e, desta forma, melhora os mecanismos de autodefesa do corpo.  No entanto, a terapia do guasha não atua diretamente sobre as doenças, as lesões e os distúrbios da pele como psoríase, vitiligo, erupções, câncer e eczema. Em vez disso, a técnica terapêutica atua por meio da macroregulação da pele e do sistema de defesa para garantir que o corpo se autoregule de forma satisfatória.

Indicações terapêuticas

 

  • Restabelece o equilíbrio bioenergético para fortalecer os mecanismos de autodefesa do corpo e, desta forma, prevenir e tratar doenças para complementar tratamentos convencionais e ajudar manter a saúde

  • Alivia tensões e dores musculares

  • Atua na beleza facial e previne novos sinais de envelhecimento da pele

  • Proporciona bem-estar e mais qualidade de vida

ACUPUNTURISTA 
Brenda Marques - CRT 49356
  • Facebook Social Icon
  • Instagram
ENDEREÇO
Rua Duque de Caxias, 504,
Sala 09, Centro, Uberlândia (MG).
HORÁRIOS DE ATENDIMENTO
Segunda à sexta: 8h às 12h e 13h às 20h. Sábado: 8h às 12h.